Confira as principais tendências do marketing para 2022

Início de ano, energias renovadas e o desejo de desenvolver novos projetos, ou até mesmo repaginar algum objetivo antigo nos fazem refletir sobre algo muito importante para quem trabalha com a criatividade voltada à geração de resultados que são: as tendências do marketing para este novo ano que começou.

E como nós da Biz Ideias sempre ajudamos nossos leitores a estarem um passo à frente quando o assunto é estratégia de comunicação, preparamos este conteúdo exclusivo sobre o assunto.

As principais tendências do marketing para 2022

Diferente do que acontece em muitos setores do mercado de trabalho, no marketing precisamos sempre trabalhar pensando no futuro. Cada estratégia, peça e texto deve ter como foco o dia, a semana, o mês e até o ano seguinte.

E é justamente este o tipo de pensamento que irá garantir que sejam montadas campanhas de sucesso, sempre visando acompanhar o comportamento do consumidor e tentando entender o que irá lhe agradar no futuro. Confira as principais tendências que separamos:

Metaverso

Metaverso nada mais é do que o universo construído pela empresa Meta, dona do Facebook. O primeiro passo para a constituição dessa nova realidade, foi o lançamento da plataforma de realidade virtual Horizon Worlds.

Com ela, surge uma nova forma das empresas se relacionarem com o público, com ações hiper contextualizadas e mais imersivas.

E isto traz para o marketing digital os seguintes benefícios:

    • fim do limite de espaço: se hoje uma empresa quer oferecer uma experiência mais imersiva aos seus clientes, precisa de um espaço físico (que será limitado) e conseguir convencer as pessoas a se locomoverem até o local. No metaverso não existe nenhum tipo de limite nesse sentido;
    • maior humanização do atendimento virtual: por mais que já existam tecnologias que permitem um atendimento virtual mais humanizado e personalizado, no metaverso é possível criar avatares de atendimento, para trazer de volta a emoção de comprar no local;
    • social commerce 2.0: uma das promessas realizadas pelo grupo Meta, é a melhora das experiências de compra.

Personificação do chatbot

Nos últimos anos, o chatbot passou a ser muito utilizado pelas empresas que visam oferecer um serviço de atendimento rápido e eficiente. Porém, as pessoas já não se sentem mais à vontade para conversar apenas com “robôs”, elas desejam um contato mais personalizado.

Como reflexo disso, um estudo realizado pela Accenture Strategy, apontou que as empresas brasileiras já deixaram de faturar 400 bilhões de reais por não oferecerem um bom atendimento ao cliente.

Por isso, uma das principais tendências para os próximos anos é investir em um atendimento mais humanizado, mas que não deixe a eficiência de lado. Atributos que podem ser encontrados na personificação do chatbot.

Para que você consiga fazer isso com a sua marca, algumas dicas são:

    • defina um tom de voz! isso vai dar personalidade para que o chatbot possa conversar com as pessoas. No entanto, é preciso ficar atento  ao público alvo e qual  a forma com que ele se comunica;
    • se possível, invista em uma representação visual. Quanto mais recursos visuais, mais fácil será para as pessoas enxergarem a marca com mais personificação;
    • Sempre passe informações de maneira transparente. Se o consumidor se sentir enganado, é provável que ele nunca mais queira voltar a comprar com a empresa novamente;
    • atendimento simplificado é uma das principais razões pelas quais existem chatbots. Portanto, pense em respostas que sejam objetivas, mas sem parecerem frias ou limitadas;
    • ofereça um suporte humano caso o chatbot não dê conta do que está sendo solicitado pelo cliente, ele precisa ter a possibilidade de encaminhar a solicitação para um profissional especializado.

Nanoinfluenciadores e UGC

Como você já deve saber, uma das estratégias que tem ganhado cada vez mais força nos últimos anos é a utilização de influenciadores para fazer a publicidade da marca.

Tendo em vista que as empresas já perceberam que quanto mais segmentada for a comunicação, mais resultados ela traz, os nanoinfluenciadores têm conquistado grande relevância nas ações de marketing.

Eles se comunicam com um grupo pequeno, mas que confia muito no que eles falam. Isso acontece porque os seguidores se sentem mais próximos do influenciador, como se fossem um “fã clube exclusivo”.

Segundo a empresa Youpix, uma consultoria de negócios de influência, os nanoinfluenciadores oferecem um nível maior de engajamento do que os demais seguidores “comuns”.

Além disso, de acordo com o mesmo estudo, por terem apenas entre mil e dez mil seguidores, esses influenciadores costumam cobrar menos por parceria, o que possibilita que as agências de marketing contem com diversos profissionais para comunicar sobre o produto.

Sob esse mesmo ponto de vista, os conteúdos gerados pelo usuário (User-Generated Content) também podem ser uma boa estratégia de divulgação.

Sabe aqueles vídeos que o influencer desafia o público a fazer uma nova dancinha? Ou então quando uma marca lança uma promoção em que as pessoas precisam gravar um vídeo criativo e publicar? Tudo isso são estratégias de User Generated Content!

Além de ser menos custoso para a empresa, pois não é necessário pagar diversos cachês ou profissionais, o UGC também permite que os gestores de marketing tenham uma noção maior de quem são e do que os clientes gostam.

Leia também: O que é SEO – Otimização de sites para ferramentas de busca

Utilização de inteligência artificial

Atualmente a inteligência artificial integra duas principais táticas de marketing: auxiliar a empresa a entregar um ótimo serviço pós-venda e gerar ofertas específicas para cada pessoa, conforme seus gostos e preferências.

Uma pesquisa realizada pela Deloitte Insights, entrevistou 11.500 consumidores de diversos lugares do mundo, para compreender melhor quais são as táticas que mais atraem clientes na hora de fechar uma venda.

As que mais se destacaram foram: bom atendimento e ofertas pertinentes. Superando diversas outras estratégias muito utilizadas, como por exemplo: distribuição de amostras grátis e devoluções sem complicações.

E para aqueles que desejam saber como unir essas duas técnicas em uma só cartada, a resposta é otimizar a inteligência artificial dentro da experiência do cliente. Assim, a empresa conta com uma ferramenta que computa, analisa e desenvolve melhorias.

Direcionamento de campanhas utilizando menos dados

Durante muito tempo, as empresas têm utilizado os cookies para captar dados e rastrear o comportamento dos consumidores. No entanto, com a chegada da Lei Geral de Proteção de Dados, o Google determinou que em 2023 os cookies vão acabar.

Mas o fim dos cookies não significa que não existirão mais as campanhas personalizadas, apenas que os estrategistas de marketing terão que trabalhar de maneira diferente. Será preciso utilizar os dados básicos dos usuários para rastrear seu comportamento.

Marketing Omnichannel

De maneira simplificada, o Marketing Omnichannel é uma tática que utiliza diferentes canais de comunicação para unir e melhorar a experiência do consumidor.

Ou seja, integra todas as comunicações, desde o setor de marketing até o de atendimento. Um exemplo disso é quando uma loja oferece para o cliente a possibilidade de comprar pelo aplicativo ou e-commerce e retirar o produto na loja física.

Para demonstrar como o resultado dessa estratégia é positivo, a Forbes realizou uma pesquisa com algumas empresas varejistas do Brasil e concluiu que, em alguns casos, o marketing omnichannel foi responsável por aumentar 241% as vendas. Bastante coisa, não é mesmo?

Marketing na realidade aumentada

Outra tendência de marketing para 2022 é a realidade aumentada. O seu uso já tem aumentado nos últimos anos, conforme apresentou uma pesquisa realizada pela Statista. Segundo esse estudo, apenas em 2020, foram gastos 7 bilhões de dólares com essa ferramenta.

Isso pelo fato de a realidade aumentada conseguir auxiliar diversos negócios a criarem engajamento e experiências com seus produtos, mesmo que longe fisicamente do consumidor.

Um exemplo é a parceria realizada entre Renner e Snapchat, responsável pela implementação da primeira lente try-on no mercado brasileiro.

Através dessa tecnologia, os usuários do Snapchat podem experimentar de maneira virtual três modelos de calçados que são vendidos nas lojas Renner.

Empresas com propósito (empresas purpose driven)

Já notou como nos últimos anos as empresas que nem tinham um propósito, estão adotando algumas causas? Pois é, isso acontece porque a população está cada vez mais engajada em movimentos sociais e exige isso das marcas que consomem também.

Mas não adianta apenas se dizer apoiadora da causa sem realmente “entrar de cabeça” no que ela defende. É preciso incluir planos e metas concretas tais como: direcionar uma porcentagem do faturamento ou então a contratação de pessoas de grupos minoritários.

O público deseja ver ações reais e que realmente impactem a sociedade de forma positiva. Caso contrário, os clientes poderão ver essa ação como se a empresa estivesse “se aproveitando” da causa para autopromoção, causando revolta ao invés de uma ligação entre consumidor e marca.

Os principais desafios no marketing para 2022

Estar sempre atento ao algoritmo do Google

Quem trabalha com SEO ou Google Ads, já deve saber que os algoritmos da plataforma mudam constantemente e possuem o intuito de melhorar a experiência dos usuários. Certo?

Portanto, estar atento a essas mudanças é responsabilidade de todos os profissionais que desejam estar alinhados com aquilo que é exigido pela maior plataforma de pesquisa do mundo, o Google.

Fake news ou desinformação 

Este já é um dos maiores desafios da atualidade. Em 2017 e 2018, por exemplo, fomos bombardeados com notícias falsas relacionadas às eleições.

Infelizmente, esta é uma tendência que ainda continua e vai crescer ainda mais nos próximos anos. Uma pesquisa realizada pelo MIT, indicou que as fake news costumam se propagar 70% mais rápido do que uma notícia verdadeira.

Em resumo, as marcas precisarão estudar muito bem se aquilo que estão comunicando é verdadeiro ou não. Caso contrário, podem repassar uma notícia falsa e acabar com a credibilidade que possuem perante o público.

Como se preparar? 

Descubra quais conteúdos o seu público consome

Quer montar uma estratégia de marketing efetiva, sem precisar gastar muito com conteúdos que ninguém vai consumir? Então, pesquise muito bem o que o público alvo da marca consome.

Isso vai permitir que você foque suas campanhas em formatos que realmente importam para seus clientes.

Digamos que o público da empresa que você está anunciando é adolescente. Nesse caso, é muito mais efetivo produzir vídeos ou fazer uma parceria com influencer, do que gastar tempo e dinheiro no desenvolvimento de um blogpost, por exemplo.

Produza conteúdos alinhados com a plataforma

Além de ter noção daquilo que os consumidores gostam, também é preciso produzir materiais que estejam de acordo com os locais escolhidos para divulgação.

Cada plataforma possui sua particularidade, e pode apresentar mais resultados dependendo do objetivo. Por exemplo:

    • Blogpost é uma ótima opção para comunicar algo mais complexo e que exige uma explicação mais detalhada;
    • Youtube pode ser a escolha ideal para produzir uma série de vídeos informativos e relevantes;
    • O TikTok é a melhor plataforma para divulgar conteúdos rápidos e de fácil compreensão;
    • O Instagram é um local onde fotos ou vídeos mais simples podem ganhar grande visibilidade.

Além dessas, existem diversas outras plataformas disponíveis. O mais importante é sempre pesquisar quem é, onde se encontra e qual o tipo de conteúdo que o seu público gosta.

A última dica é sempre ter como objetivo produzir conteúdos relevantes e originais. Assim, a marca conquista a confiança das pessoas e pode se tornar referência no mercado.

Conheça a Biz Ideias

Biz Ideias atua como agência de marketing digital especializada em SEO em Belo Horizonte. Oferecemos gerenciamento de links patrocinados, desenvolvimento de sites, gestão de blog, gestão de redes sociais, identidade visual e todo auxílio no que diz respeito às estratégias de Marketing Digital.

Entre em contato com a equipe da Biz através do WhatsApp.

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Podemos te ajudar? Clique no botão "Abrir chat" para iniciar uma conversa via WhatsApp.